MORADORES DO VILLAGE REVOLTADOS COM O EXCESSO DE ENTULHOS E MÁ CONSERVAÇÃO DAS RUAS

No Village Campinas também os moradores estão reclamando que uma empresa vem jogando entulhos nas ruas que estão esburacadas   e mal conservadas e vários moradores reclamaram que não há um trabalho bem feito que está deixando as ruas intransitáveis e o bairro está abandonado E por isso muitos motoristas vão lá jogar entulho  nos cantos de ruas  “Os carnês chegam e nada é feito . Pagamos alto e nada de melhorias” Uma vergonha total.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A moradora -e cuidadora – Cristiane Liveraro postou fotos da rua Prof. Emílio Coelho  cheia de enormes buracos e com muito entulho reclamando  que  tentar nivelar a rua com “toneladas de entulho” não resolvia  e não podiam culpar as chuvas e que era resultado de um péssimo trabalho. ” Mais um mês e o onibus não conseguirá descer a rua” . Cristiane disse que ela mesma viu vários caminhões jogando entulho  no bairro E que uma pedra desse entulho  furou o tanque de combustível de seu carro .

Também a moradora Luciana Segantini  disse que já perdeu dois pneus  que foram rasgados com parafusos que estavam nos entulhos. e Mari Oliveira também que ja teve pneu rasgado. Brenda Dorneles  disse que ao lado do Via Roça tinha até camisetas, entulhos e pedaços de sofá que jogam naquele maldito triângulo que a prefeitura só junta sujeira e montes de terra. Quem sofre somos nós pra sair de casa depois!” – declarou.

Há porém desconfiança em relação a quem joga os entulhos. Houve moradores que disseram que os entulhos vem de muito longe , ou contaminados e  do Delta. Outros disseram que eram da SOS Entulhos. Mas não ha confirmação. (comprovação)

A moradora Andrea Sousa disse que trabalha no Village com transporte escolar há anos, mas que de uns anos pra cá a manutenção das ruas está cada vez pior, “Po muitas vezes fiz reclamações, protocolei pedidos e nada foi feito, lamentável pelo preço que pagamos” – declarou]

A moradora Ana Claudia  diretora da AMPROVIC (Associação dos moradores e proprietários do Village Campinas)  disse que o Village vem enfrentando há anos vários problemas em relação à condição das ruas do bairro. e que a Associação tem até uma ação junto ao MP (Ministério Público) questionando a prefeitura de várias reivindicações sendo uma delas a situação das ruas, que envolve desde a manutenção feita pela subprefeitura até a necessidade de pavimentação (o que inclui o assunto drenagem e saneamento básico). Segundo Ana Claudia “pra variar, tivemos uma resposta totalmente insatisfatória e retornamos o processo ao MP sugerindo algumas soluções viáveis e agora estamos aguardando a resposta.”  Ela também informou que no dia 24/02 a Amprovic realizará uma reunião com os moradores, no espaço da sede da associação, na praça da escola Dora Kanso, às 9:30. Precisamos nos organizar e quem sabe formar um grupo para cuidar desse assunto específico. Precisamos de voluntários! Quem tiver interesse, por favor entre em contato através dos nossos meios de comunicação (WhatsApp e Facebook) ou compareça à reunião”.

Na terça  fomos  na subprefeitura pedir alguma informação e disseram que o coordenador da COAR , Alberto Guimarães ja havia sido  comunicado e que provavelmente ele iria mandar alguma maquina para arrumar a rua. Mas  não houve retorno.

A Subprefeitura de Barão Geraldo  informou em nota que  eles sempre  fazem manutenção das vias de terra com máquinas e aplicação de material como fresa , periodicamente. Porém, em época de chuvas fortes, o trabalho precisa ser refeito. Segundo eles, a manutenção e o nivelamento das ruas não é feito com entulho mas de URM, isto é, feito da (Usina Recicladora Municipal ) que fica no Campo Grande e que  não é contaminado que foi proposto  pelo próprio MP e  órgãos ambientais. E como vem do Campo Grande  a prefeitura primeiro armazena o material perto do posto de saúde para depois colocar nas vias do bairro.

Mas é um trabalho paliativo porque  como todos sabem com as chuvas esse material desce. Normalmente, como já constatamos, por outras denuncias,o motorista da motoniveladora, fica parado nos intervalos,enquanto o material é baldeado para o local ou no seu horário de almoço, as vezes ainda, a mesma maquina tem que ir ao deposito carregar o caminhão e depois se deslocar para o local do trabalho.

Anúncios

Sobre jornaldebarao

um jornal a serviço de Barão Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Amprovic

Associação de Moradores e Proprietários Village Campinas

CAMPINAS EM FOCO

Cultuarei fatos históricos de Campinas através de imagens, textos e eventos relevantes para a nossa cidade. Sejam bem-vindos, assim como as contribuições que queiram enviar. E-mail: lcs.camargo23@gmail.com

The Barão Herald

O jornal que Barão merece.

PIBID HISTÓRIA UEPB - Campus I

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

JORNAL de BARÃO

jornaldebaraogeraldo@gmail.com

Compulsões

Partilho do que conheço para que outros aproveitem como já aproveitei

Centro Cultural Casarão Campinas

Blog sobre eventos e acontecimentos no Centro Cultural Casarão em Barão Geraldo

%d blogueiros gostam disto: