MORADORES DE BARÃO ESTÃO REVOLTADOS COM ABANDONO DE ENTULHO NAS RUAS

Em meio à atual pagamento de IPTU  alto (com reajuste acima da inflação oficial)  os moradores de vários bairros de Barão estão revoltados com a quantidade de entulho  deixados em várias partes da cidade. Alguns acusam até agentes da própria prefeitura. Mês passado (janeiro) nós divulgamos a reclamação do morador Jorge Rodrigues do Jardim América sobre a enorme quantidade de entulhos (restos de móveis , colchões, arvores e de construção ) deixados em diversos pontos do bairro. O pessoal  do cata treco passou mas novamente o Jardim América tem vários pontos de descarte de material , normalmente nas praças  , sobretudo a praça atrás da igreja Frei Galvão  onde estão 2 colchões e outros entulhos

Também na Vila Independência e na Vila Santa Isabel encontramos restos de material e vários colchões nas ruas. Só nos bairros jardim América  Vila Independência e Vila Santa Isabel encontramos 9 colchões abandonados E todos esses bairros ficam ao lado do Ecoponto de descarte de material reciclado. Mas que não aceita esse tipo de material.

Em meio à Campanha contra a Dengue, iniciada dia 23 , é contraditório que a limpeza das ruas,  aplicação de multas e  as prioridades fiquem SEMPRE no Campo grande e Ouro Verde – e o Lazer só no Taquaral

A Subprefeitura de Barão Geraldo  respondeu que o descarte irregular de materiais, como móveis, restos de construção e outros tipos de resíduos, é retirado com frequência pela equipe da Subprefeitura de Barão Geraldo e os moradores que observarem entulho descartado, podem apontar os endereços para que essa coleta seja feita. Importante esclarecer, no entanto, que essa é uma prática que traz inúmeros males à sociedade, ao meio ambiente e à saúde. Fundamental que a população tenha consciência de não descartar de forma inadequada. Para isso Campinas tem 14 ecopontos nos quais a população pode descartar, gratuitamente, esses materiais. Em Barão Geraldo, há um ecoponto na Av. Santa Isabel, s/nº, das 7h às 18h, todos os dias, exceto feriados.

A população pode colaborar e denunciar infratores que estejam descartando de forma irregular, pelo telefone 156 e pelo 153, da Guarda Municipal, para flagrantes. O infrator pode ser multado. O serviço do cata-treco também pode ser acionado diretamente pelo 156, para atender à demanda ou via Subprefeitura de Barão Geraldo. O telefone da Subprefeitura é 3289-1153.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

MORADORES DO VILLAGE REVOLTADOS COM O EXCESSO DE ENTULHOS E MÁ CONSERVAÇÃO DAS RUAS

No Village Campinas também os moradores estão reclamando que uma empresa vem jogando entulhos nas ruas que estão esburacadas   e mal conservadas e vários moradores reclamaram que não há um trabalho bem feito que está deixando as ruas intransitáveis e o bairro está abandonado E por isso muitos motoristas vão lá jogar entulho  nos cantos de ruas  “Os carnês chegam e nada é feito . Pagamos alto e nada de melhorias” Uma vergonha total

50866852_10205127024772756_5659733380967694336_n (1)

rua Prof. Emílio  Coelho

 

A moradora -e cuidadora – Cristiane Liveraro postou fotos da rua Prof. Emílio Coelho  cheia de enormes buracos e com muito entulho reclamando  que  tentar nivelar a rua com “toneladas de entulho” não resolvia  e não podiam culpar as chuvas e que era resultado de um péssimo trabalho. ” Mais um mês e o onibus não conseguirá descer a rua” . Cristiane disse que ela mesma viu vários caminhões jogando entulho  no bairro E que uma pedra desse entulho  furou o tanque de combustível de seu carro .

Também a moradora Luciana Segantini  disse que já perdeu dois pneus  que foram rasgados com parafusos que estavam nos entulhos. e Mari Oliveira também que ja teve pneu rasgado. Brenda Dorneles  disse que ao lado do Via Roça tinha até camisetas, entulhos e pedaços de sofá que jogam naquele maldito triângulo que a prefeitura só junta sujeira e montes de terra. Quem sofre somos nós pra sair de casa depois!” – declarou.

Há porém desconfiança em relação a quem joga os entulhos. Houve moradores que disseram que os entulhos vem de muito longe , ou contaminados e  do Delta. Outros disseram que eram da SOS Entulhos. Mas não ha confirmação. (comprovação)

A moradora Andrea Sousa disse que trabalha no Village com transporte escolar há anos, mas que de uns anos pra cá a manutenção das ruas está cada vez pior, “Po muitas vezes fiz reclamações, protocolei pedidos e nada foi feito, lamentável pelo preço que pagamos” – declarou]

A moradora Ana Claudia  diretora da AMPROVIC (Associação dos moradores e proprietários do Village Campinas)  disse que o Village vem enfrentando há anos vários problemas em relação à condição das ruas do bairro. e que a Associação tem até uma ação junto ao MP (Ministério Público) questionando a prefeitura de várias reivindicações sendo uma delas a situação das ruas, que envolve desde a manutenção feita pela subprefeitura até a necessidade de pavimentação (o que inclui o assunto drenagem e saneamento básico). Segundo Ana Claudia “pra variar, tivemos uma resposta totalmente insatisfatória e retornamos o processo ao MP sugerindo algumas soluções viáveis e agora estamos aguardando a resposta.”  Ela também informou que no dia 24/02 a Amprovic realizará uma reunião com os moradores, no espaço da sede da associação, na praça da escola Dora Kanso, às 9:30. Precisamos nos organizar e quem sabe formar um grupo para cuidar desse assunto específico. Precisamos de voluntários! Quem tiver interesse, por favor entre em contato através dos nossos meios de comunicação (WhatsApp e Facebook) ou compareça à reunião”.

Na terça  fomos  na subprefeitura pedir alguma informação e disseram que o coordenador da COAR , Alberto Guimarães ja havia sido  comunicado e que provavelmente ele iria mandar alguma maquina para arrumar a rua. Mas  não houve retorno.  Segundo a Subprefeitura de Barão Geraldo  informou em nota,  eles sempre  fazem manutenção das vias de terra com máquinas e aplicação de material como fresa , periodicamente. Porém, em época de chuvas fortes, o trabalho precisa ser refeito.

A manutenção e o nivelamento das ruas não é feito com entulho mas de URM, isto é, feito da (Usina Recicladora Municipal ) que fica no Campo Grande e que  não é contaminado que foi proposto  pelo próprio MP e  órgãos ambientais. E como vem do Campo Grande  a prefeitura primeiro armazena o material perto do posto de saúde para depois colocar nas vias do bairro. Mas é um trabalho paliativo porque  como todos sabem com as chuvas esse material desce. Normalmente, como já constatamos, por outras denuncias,o motorista da motoniveladora, fica parado nos intervalos,enquanto o material é baldeado para o local ou no seu horário de almoço, as vezes ainda, a mesma maquina tem que ir ao deposito carregar o caminhão e depois se deslocar para o local do trabalho.

JARDIM ALTO DA CIDADE SE QUEIXA DE ABANDONO

O moradores do jardim Alto da Cidade Universitaria   estão reclamando  de abandono do bairro. Além da praça – que fica na beira do rio Anhumas – estar com mato alto e caindo por cima dos fios e nas ruas,  moradores de la (ou não) estão descartando todo o lixo no meio da mata ao lado da praça. Além disso as ruas ao lado da praça estão sem iluminação adequada ou apagada pelas arvores e as ruas sujas.

“De que adianta pagar um imposto tão alto pra não ter  serviço nenhum aqui ? È  por isso que cada vez menos gente que paga” – disse a moradora Joana Darc , que ja fez parte da Associação dos Moradores e  divulgou fotos da situação.

Joana – e varias outras moradoras disseram que é muito relaxo e falta de consideração com os vizinhos é que atrai não só baratas e escorpiões como pode proliferar dengue, chicungunya e outras doenças nesse período de muita chuva e forte calor

E ela ainda avisou:  “As pessoas retiram da porta da sua casa e coloca na do vizinho, se este sofá é seu, dê um jeito, fazer pelo modo mais fácil, vai sempre estar prejudicando o próximo. Parem de jogar lixo aí, porque está tudo registrado, tudo fotografado e isto vái gerar multas mais cedo ou mais tarde .

“Cadê a nossa academia de ginástica, cadê as luzes da praça e de uma parte do bairro que está no escuro, isto foi prometido pelo atual prefeito a quatro anos atrás ou até mais ” perguntou Joana

Outra moradora Rose Costa disse que sempre deixa limpa a frente de sua casa  e aí vem uns folgados jogar árvores e galhos! E quando tá matagal nem joga Ela disse que ta muito dificl lidar com as pessoas.  A moradora Mary Aguiar disse que assim ninguém pode reclamar de doenças ou da prefeitura e o que falta é respeito “Nosso bairro é nossa casa, não adianta pedir iluminação , limpeza de praça, melhores brinquedos pra nós mesmos destruir tudo depois. …Se cada um fizer um pouco não fica pesado pra ninguem Nosso bairro pode ficar super gracinha , e voces vão deixando parecido com favela…. Parece que tem gente devia morar num curral de porcos e ainda assim era capaz de ser expulso….não sejam povinho lixo”

A moradora Jucelia Moraes disse que é Triste em ver que os próprios moradores são relaxados e não cuida dos seuS próprio bens. Aí chove e inunda tudo fala que a culpa é das autoridades que não fez nada , mas as autoridades não veio jogar lixo aí foram os próprios moradores que fizeram isso.”

Quanto ao descarte irregular de materiais, como móveis, restos de construção e outros tipos de resíduos, a Subprefeitura informa que é retirado com frequência pela equipe deles e pede que os moradores que observarem entulho descartado, podem apontar os endereços para que essa coleta seja feita.

“Importante esclarecer, no entanto, que essa é uma prática que traz inúmeros males à sociedade, ao meio ambiente e à saúde. Fundamental que a população tenha consciência de não descartar de forma inadequada. Para isso Campinas tem 14 ecopontos nos quais a população pode descartar, gratuitamente, esses materiais.” Em Barão Geraldo, há um ecoponto na Av. Santa Isabel, s/nº, das 7h às 18h, todos os dias, exceto feriados.

“A população pode colaborar e denunciar infratores que estejam descartando de forma irregular, pelo telefone 156 e pelo 153, da Guarda Municipal, para flagrantes. O infrator pode ser multado. O serviço do cata-treco também pode ser acionado diretamente pelo 156, para atender à demanda ou via Subprefeitura de Barão Geraldo.” . O telefone da Subprefeitura é 3289-1153.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quanto ao descarte irregular de materiais, como móveis, restos de construção e outros tipos de resíduos, a Subprefeitura informa que é retirado com frequência pela equipe deles e pede que os moradores que observarem entulho descartado, podem apontar os endereços para que essa coleta seja feita.

“Importante esclarecer, no entanto, que essa é uma prática que traz inúmeros males à sociedade, ao meio ambiente e à saúde. Fundamental que a população tenha consciência de não descartar de forma inadequada. Para isso Campinas tem 14 ecopontos nos quais a população pode descartar, gratuitamente, esses materiais.” Em Barão Geraldo, há um ecoponto na Av. Santa Isabel, s/nº, das 7h às 18h, todos os dias, exceto feriados.

“A população pode colaborar e denunciar infratores que estejam descartando de forma irregular, pelo telefone 156 e pelo 153, da Guarda Municipal, para flagrantes. O infrator pode ser multado. O serviço do cata-treco também pode ser acionado diretamente pelo 156, para atender à demanda ou via Subprefeitura de Barão Geraldo.” . O telefone da Subprefeitura é 3289-1153.

Anúncios

Sobre jornaldebarao

um jornal a serviço de Barão Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Amprovic

Associação de Moradores e Proprietários Village Campinas

EXTRATERRESTRES

MESMO SABENDO QUE NÃO ENCONTRAREMOS RESPOSTAS, TEMOS QUE CONTINUAR FAZENDO PERGUNTAS

CAMPINAS EM FOCO

Cultuarei fatos históricos de Campinas através de imagens, textos e eventos relevantes para a nossa cidade. Sejam bem-vindos, assim como as contribuições que queiram enviar. E-mail: lcs.camargo23@gmail.com

The Barão Herald

O jornal que Barão merece.

PIBID HISTÓRIA UEPB - Campus I

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

JORNAL de BARÃO

jornaldebaraogeraldo@gmail.com

Compulsões

Partilho do que conheço para que outros aproveitem como já aproveitei

Centro Cultural Casarão Campinas

Blog sobre eventos e acontecimentos no Centro Cultural Casarão em Barão Geraldo

%d blogueiros gostam disto: