Prefeitura quer reduzir ao máximo ambulantes no Carnaval

ESTÁ PROIBIDO VENDER OU PORTAR GARRAFAS DE VIDRO

Embora não haja uma declaração oficial, pelas ações percebe-se claramente que a Prefeitura , através da Secretaria de Cultura quer reduzir ao máximo a oferta de vendedores de bebida ambulantes durante o Carnaval de Campinas.

Ano passado. embora pouco divulgado,  a ação já havia  determinado a apreensão de bebidas de centenas de ambulantes somente em Barão o que causou revoltas e conflitos.

Em janeiro a Prefeitura baixou uma portaria de que os  Ambulantes deveriam se cadastrar na SETEC e pagar a taxa de R$360,00 reais DIÁRIOS – além das proibições – para terem licença de vender bebidas nas ruas – E que não podem ser de qualquer forma (em copos , garrafas abertas etc)

Agora também está proibido vender OU PORTAR bebidas em garrafas de vidro a menos de 2km de um evento de rua, conforme o decreto 19.772 de 30 de janeiro  determinando que só podem ser vendidas bebidas em garras plasticas e latas O decreto AUTORIZA a Guarda Municipal a recolher todas as garrafas por fiscalização do DU Departamento de Urbanismo) assim como o resto do material, se nao houver licença. E que so será liberado apos pagamento de multa.

Tal taxa e medidas já estão causando  muita raiva e contrariedade de quem sobrevive ou consegue uma pequena renda durante o Carnaval. Muitos que vivem de  vender como ambulantes já reclamaram e pensam em resistir, ir pra rua juntos ou criar um movimento ou uma Associação de vendedores ambulantes para se contrapor à essa medida, (ou pelo menos próximas festas ou até o próximo Carnaval). Mas até o momento nada de concreto. Os ambulantes também não aceitaram gravar entrevistas porque não se sentem seguros em assumir a reclamação sozinhos.

Embora a maioria até concorda que haja uma taxa única mínima  e bem mais em conta, além de normas de higiene segurança  e prevenção, o que eles não aceitam é o abuso instituído pela cobrança de 360,00 DIÀRIOS e regras rígidas que impedem boa parte dos ambulantes de trabalharem.

A SETEC informou que os ambulantes cadastrados e com licença estão sendo orientados a vender somente com copos de plástico e só vão poder vender latinhas e garrafas PET e que o DU departamento de Urbanismo está autorizado junto com a Guarda Municipal a primeiro solicitar que pare de vender e caso seja reincidente, poderá receber multa , ter o material apreendido e até ser preso. salva_francileide300225

Anúncios

Sobre jornaldebarao

um jornal a serviço de Barão Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Amprovic

Associação de Moradores e Proprietários Village Campinas

Extraterrestres

Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana

CAMPINAS EM FOCO

Cultuarei fatos históricos de Campinas através de imagens, textos e eventos relevantes para a nossa cidade. Sejam bem-vindos, assim como as contribuições que queiram enviar. E-mail: lcs.camargo23@gmail.com

The Barão Herald

O jornal que Barão merece.

PIBID HISTÓRIA UEPB - Campus I

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

JORNAL de BARÃO

jornaldebaraogeraldo@gmail.com

Compulsões

Partilho do que conheço para que outros aproveitem como já aproveitei

homofobiamata.wordpress.com/

Quem a homotransfobia matou hoje?

Centro Cultural Casarão Campinas

Blog sobre eventos e acontecimentos no Centro Cultural Casarão em Barão Geraldo

%d blogueiros gostam disto: