Barão luta para ter a tradicional Festa de Santa Isabel no Calendário oficial de Campinas(começa sábado)

Começa neste sábado a centenária Festa de Santa Isabel, padroeira de Barão Geraldo, A mais tradicional festa de Barão e realizada pelo menos desde 1918. Ao mesmo tempo, um grupo de moradores está fazendo um movimento para colocar a festa no Calendário Oficial de Campinas.  O pedido já tem a assinatura do padre, Monsenhor Roberto Fransolin, do subprefeito Donizetti Gomes,  do ex vereador Thiago Ferrari, presidente da Fundação José Pedro de Oliveira, além de várias outras lideranças de Barão e vários abaixo assinados com mais de 200 assinaturas. (vejam fotos da festa de 1945 e de 2016 no final)

A Festa é promovida pela Paróquia de Santa Isabel, com apoio da comunidade católica e de vários empresários locais e será realizada no Salão Comunitário da igreja, centro de Barão Geraldo em todos os finais de semana de Junho com barracas de doces, salgados, bebidas e brincadeiras e com apresentações musicais em prol da comunidade. (dias 10 e 11, 17 e 18, 24 e 25 de junho  e  1 e 2 de julho sempre a partir das 17 horas). A festa será encerrada  no dia 2 de julho  com um grande Bingão  . O Salão Comunitário onde está a festa, fica na rua Ângelo Vicentin , 601 , centro de Barão.

Segundo o Monsenhor Roberto Fransolin, pároco de Barão Geraldo, que quer colocar a festa no Calendário oficial de Campinas, a intenção é recuperar a grande tradição da festa que  são as procissões nas ruas centrais, a peregrinação da imagem de Santa Isabel pelas casas dos paroquianos e o grande Bingo que congregava as famílias de Barão que organizavam a festa muito antes da criação da Paróquia em 1963.  “Queremos fortalecer a nossa festa que congrega a grande família cristã de Barão Geraldo , retomando as tradições mais  fortes das antigas festas e que estão na memória dos mais antigos: o bingo, a peregrinação da Santa pelas casas, as procissões. Pois foram elas que uniram as famílias como numa única família no grande espírito solidário cristão. O grande ideal de Santa Isabel”.

Para o Monsenhor preservar essa festa é essencial. Também o subprefeito Donizetti Gomes defende a inclusão da festa no calendário oficial da cidade. “A Festa de Santa Isabel é, com certeza, a nossa mais antiga herança e a mais importante de Barão” – disse Doni.

 A Festa de Santa Isabel é Patrimônio Imaterial de Campinas

Para um dos organizadores do movimento, o historiador Warney Smith, o objetivo é preservar a festa como Patrimônio Imaterial de Campinas ja que remonta às raízes de Barão Geraldo sendo organizada por todos os seus primeiros moradores e sitiantes. A Festa de Santa Isabel começou a ser realizada quando foi construída a primeira Capela de Santa Isabel pela Fazenda Rio das Pedras   no início do Século XX, porém não se sabe a data exata. Em suas pesquisas,  o historiador que pesquisa a História de Barão Geraldo para o Centro de Memória- Unicamp, levantou com alguns dos primeiros moradores, que a festa começou a ser realizada após a construção da primeira capela a Santa Isabel, construída pela Fazenda Rio das Pedras nos primeiros anos do Século XX e que deu origem a diversas lendas em Barão: (a capela da divisa, onde hoje é a igreja Cristo redentor).

“A Capela de Santa Isabel está no levantamento das igrejas rurais que dom Francisco Barreto, (futuro Bispo de Campinas) realizou em 1909. Mas ainda não descobrimos a data exata. E como me contaram vários antigos moradores entrevistados – como dona Antônia Vicentin, seu Humberto Barbieri, dona Maria Félix de Araújo, dona Maria Pattaro, seu Zulmiro, o carreteiro Luiz Gozzi –  a Festa já era realizada todos os anos  antes deles nasceram ou chegaram em Barão, isto é, bem antes de 1920.”

Segundo ele informa, Maria Félix  e Luiz Gozzi chegaram em Barão por volta de 1914 Antônia Vicentin nasceu em 1916 e  Humberto Barbieri chegou a Barão em 1919 e todos presenciaram a Festa. “Embora dona Antônia dizia que seus pais e os mais antigos contavam que a festa já era realizada pelos moradores das fazendas , antes de haver Barão Geraldo, outro ponto inicial provável e a construção da segunda capela da Fazenda em 1918, ao lado da Estação, devido à morte de dona Isabel Augusta dona da Fazenda. Foi essa igreja que deu origem à Barão Geraldo e à Paróquia de Santa Isabel décadas depois.”   – contou  ele. Sua hipótese é de  que alguns “pontos de  reunião” básicos deram origem a vila rural de Barão Geraldo: a estação, a capela, as vendas, o campo de futebol e as festas e lendas é que uniram os moradores na identidade local “baronense”.img503

 

A Comissão do Salão e da Festa da Paróquia de Santa Isabel já começou a organizar nossa grandiosa festa se inicia dia 10 junho para 4 fins de semana … reservem suas cartelas do bingao… reúna a família e venham participar conosco dessa festa …. VC faz a diferença.. participem … atrações musicais …. diversidade gastronômica…. ambiente familiar ….

13419250_1188287814536336_2421172477831426675_n

13442400_1188287557869695_2777733390073228651_n.jpg

13606591_1017498261619287_4284653720720562443_n

13501706_1188883351136211_6191397274405767092_n

Anúncios

Sobre jornaldebarao

um jornal a serviço de Barão Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Amprovic

Associação de Moradores e Proprietários Village Campinas

Extraterrestres

Seja bem vindo ao Site Extraterrestres - Volte Sempre

CAMPINAS NOSTÁLGICA

Cultuarei fatos históricos de Campinas através de imagens, textos e eventos relevantes para a nossa cidade. Sejam bem-vindos, assim como as contribuições que queiram enviar. E-mail: lcs.camargo23@gmail.com

The Barão Herald

O jornal que Barão merece.

PIBID HISTÓRIA UEPB - Campus I

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

JORNAL de BARÃO

jornaldebaraogeraldo@gmail.com

Compulsões

Partilho do que conheço para que outros aproveitem como já aproveitei

INÍCIO

Pesquisa: EDUARDO MICHELS / Coordenação: LUIZ MOTT

Centro Cultural Casarão

a Casa de Cultura de Barão Geraldo

%d blogueiros gostam disto: