Moradores do Jd.Alto e Guará querem retirada de árvore e lixo do Anhumas

p_20170128_200438

Uma árvore caiu no Ribeirão Anhumas  embaixo da ponte da rua Bortolo Martins  ha uma semana (devido à ultima tempestade em Campinas) e vem “filtrando” ou entulhando grande quantidade de lixo que é jogado diariamente no rio. (veja fotos)   Os moradores do Jardim Alto da Cidade Universitária  e do Guará querem da prefeitura a retirada da árvore e  dos grandes lixos  (partes de móveis) que estão na calha do rio.

Alguns moradores que são especializados nesse serviço (bombeiros) se prontificaram a retirar a árvore , mas segundo Jorge Lima, o presidente da Associação dos Moradores do  Jd. Alto precisam de uma autorização. Lima já solicitou o serviço na subprefeitura e segundo eles o DPJ (departamento de Parques e Jardins) já foi notificado e agendou para a próxima semana. Além disso o lixo e a grande quantidade de água que para na ponte coloca-la em risco. Jorge acha que a prefeitura deveria mandar alguém para analisar se está tudo certo com a ponte:

p_20170128_200319“O povo tem medo que esse lixo todo , com o aumento das águas  além do peso  do trânsito, pode trincar e comprometer a ponte e ficarmos isolados aqui. São 5 bairros é muita gente”

 

 

Como impedir?

Além da árvore outro problema é a quantidade de lixos grandes que são jogados no Anhumas. São grandes pedaços de móveis, colchões, portões, sofás,  grandes sacos plásticos, além de lixos comuns de sacos menores e restos de outras árvores.   A moradora Joana Darc Garcia, também do Jd. Alto, disse que o povo  só sabe culpar os governantes mas comete esses erros que podem prejudicar a si e a todos:

“O povo só sabe reclamar , não faz nada pra mudar.  Joga lixo por todo lado , aí culpa os governantes, mas nós também temos culpa em tudo isto, e não fazemos nada pra mudar.Se cada um fizesse um pouco, já estava bom” – disse ela.

Segundo Garcia, os moradores se preocupam com o estado da ponte e além disso que esse acumulo de lixo parado no rio pode  facilitar proliferação de bichos e doenças. “É mais fácil pegar a doença e depois ir para o hospital e reclamar da demora”.

Nesse sentido também é necessário um constante trabalho de educação ambiental no entorno do rio ou fechamento das margens para tentar impedir esse descarte impróprio.

16114520_1873456222922147_1165058014932976414_n

16143270_583412691848799_943660629224277059_n

 

Anúncios

Sobre jornaldebarao

um jornal a serviço de Barão Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Amprovic

Associação de Moradores e Proprietários Village Campinas

Extraterrestres

Seja bem vindo ao Site Extraterrestres - Volte Sempre

CAMPINAS NOSTÁLGICA

Cultuarei fatos históricos de Campinas através de imagens, textos e eventos relevantes para a nossa cidade. Sejam bem-vindos, assim como as contribuições que queiram enviar. E-mail: lcs.camargo23@gmail.com

The Barão Herald

O jornal que Barão merece.

PIBID HISTÓRIA UEPB - Campus I

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

JORNALDEBARÃO

jornaldebaraogeraldo@gmail.com

Compulsões

Partilho do que conheço para que outros aproveitem como já aproveitei

homofobiamata.wordpress.com/

G.G.B. - 37 ANOS ::: BANCO DE DADOS

Centro Cultural Casarão

a Casa de Cultura de Barão Geraldo

%d blogueiros gostam disto: