Barão realiza sua 110ª Festa de Santa Isabel com procissão

A Paróquia de Santa Isabel abre hoje – dia de Santa Isabel – mais um mês da festa de sua padroeira que é realizada há pelo menos 110 anos. A abertura será hoje às 18 horas com missa em homenagem à Santa Isabel e procissão pelas ruas centrais de Barão Geraldo que serão conduzidas pelo novo pároco, Mons. Roberto Fransolin, novo pároco de Barão.

A Festa será realizada todos os finais de semana de Julho e contará com barracas de lanches de calabresa e pernil, cachorro quente, batata frita, pastel, doces, quentão, vinho quente, cerveja e refrigerante, além de brincadeiras e rodadas de bingo com prendas doadas pelos familiares e empresários da região. O bingo sempre foi o ponto principal e mais disputado desde suas primeiras realizações. E para encerrar a festa no dia 26/7 será realizado um “grande show de prêmios” a partir das 15 horas.  A secretaria da paróquia afirmou que a renda obtida com as vendas será usada para a manutenção da igreja e do salão paroquial, já que o dinheiro arrecadado mensalmente não é suficiente para as despesas.

A Festa de Santa Isabel é realizada no Salão Paroquial de Barão Geraldo localizada à rua Ângelo Vicentin, 601 centro do local.

Primeiro registro da festa data de 1905

Embora a Paróquia só tenha sido criada há 52 anos, a capela e as festas em homenagem à Santa Isabel datam do início do Século XX.  Segundo o levantamento histórico realizado pelo historiador Warney Smith,  o mais antigo registro da Festa de Santa Izabel data de 1905 quando, conforme informou dona Antônia Vicentin Leonardi, foi inaugurada a capela da fazenda Rio das Pedras, construída por Luis Albino Barbosa de Oliveira, por ocasião da morte de sua mãe, Izabel Augusta, esposa do Conselheiro Albino. Dona Antônia contou ao pesquisador que seu avô, o italiano Ângelo Vicentin, que trabalhava de carroceiro para a Rio das Pedras, presenciou a inauguração da capela (onde hoje está a agência do banco Santander) que foi seguida de uma grande festa com bandeirinhas, procissão, fogueira e “fogos de vista” e cuja fileira de barracas atravessavam a linha da Estrada de Ferro Funilense.

Entretanto segundo disse dona Antônia, a capela de Santa Isabel no morro  da atual  Cidade Universitária foi construída bem antes e a Festa em homenagem à Santa Isabel já era realizada nas colônias das Fazendas Rio das Pedras e Santa Genebra desde o final do século XIX.

Mas o mais antigo registro fotográfico da Festa de Santa Isabel data de 1934 com fotos da procissão  dos andores que eram construídos cada um por uma família e eram disputados em beleza nas procissões. Tais fotos já circulam em sites e redes sociais ha vários anos (veja foto abaixo)

A primeira foto dona Antônia é uma das que levam o andor de Santa Isabel tendo ao seu lado dona Maria Páttaro Burato Leonardi.

388622_339157886110394_100000485564230_1382799_698864531_n

391990_339158122777037_100000485564230_1382800_1509391094_n

foto de Carlos Bassan de sua série “Coisas de Barão Geraldo”

Festa de santa Izabel por Bassan 2014

Anúncios

Sobre jornaldebarao

um jornal a serviço de Barão Geraldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Amprovic

Associação de Moradores e Proprietários Village Campinas

Extraterrestres

Seja bem vindo ao Site Extraterrestres - Volte Sempre

CAMPINAS DE OUTRORA

Cultuarei fatos históricos de Campinas através de imagens, textos e eventos relevantes para a nossa cidade. Sejam bem-vindos, assim como as contribuições que queiram enviar. E-mail: lcs.camargo23@gmail.com

The Barão Herald

O jornal que Barão merece.

PIBID HISTÓRIA UEPB - Campus I

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência.

JORNALDEBARÃO

jornaldebaraogeraldo@gmail.com

Compulsões

Partilho do que conheço para que outros aproveitem como já aproveitei

QUEM A HOMOFOBIA MATOU HOJE ?

G.G.B. - 37 ANOS ::: BANCO DE DADOS

Centro Cultural Casarão

a Casa de Cultura de Barão Geraldo

%d blogueiros gostam disto: